Posts Categorized : Eventos

Padel cresce em Portugal
Com um número estimado de praticantes que ascende a seis mil, esta modalidade tem registado grande expansão no nosso país nos últimos anos

O Padel é um desporto recente em Portugal, que tem atraído cada vez mais praticantes. O número de campos passou de cerca de 50 em 2011 para 107 em 2013, dos quais 56 em Lisboa. A modalidade começou a jogar-se em Portugal em 2001, estimando-se que o número de jogadores ascenda a 6000, dos quais 5000 na Grande Lisboa.

É um desporto que requer sempre quatro jogadores, mais precisamente duas duplas. A pontuação é idêntica à do ténis, sendo o campo também parecido, com as diferenças de dimensão (o de padel é mais pequeno) e dos vidros laterais e de fundo, onde a bola pode (e deve) bater depois de bater no chão, sendo a interação dos vidros que recoloca a bola em jogo, dando mais emoção e dinâmica à disputa dos pontos.

Ver os profissionais (Portugal já tem alguns) a jogar esta modalidade e a reagir com uma velocidade incrível às variantes do jogo é algo de fascinante. Proporciona espetáculos de destreza e habilidade em ambientes dinâmicos e competitivos, pois jogado a nível profissional envolve uma grande complexidade tática e estratégica.

A origem do Padel tem duas versões. Uma vem de uma lenda acerca de passageiros de navios ingleses que tentaram adaptar a prática do ténis ao espaço do navio, criando um “ténis de alto mar”, protegido por telas que não deixavam a bola cair ao mar. Uma outra versão, aparentemente a real, é que o Padel teve o seu primeiro campo no México, em 1969, quando um milionário mexicano – Enrique Concuera, decidiu construir um campo de ténis na sua casa em Acapulco.

Como o terreno era pequeno e muito próximo do mar, Concuera decidiu adaptar o campo ao local, construindo então um campo menor rodeado por paredes de tijolo. Foi aí que nasceu e ficaram definidas as dimensões e o regulamento deste desporto. Chegou a Portugal em 2001 a partir de Espanha.

 

Source news: OJogo